26 maio 2018

37ª EDIÇÃO DO POETIZANDO E ENCANTANDO



Lágrimas de Amor
Que aroma especial,
encontras assim em mim?
Não sou jardim nem flor
nem perfume de jasmim!..
Queria ser, anjo apenas,
poder ir mais além,
limpar as tuas lágrimas
dizer que te amo porém!

Se o fizesse, mentiria,
te daria falsas esperanças,
porque amor não haveria
antes, lágrimas em abundância!..
Quem dera remédio tivesse
que sarasse a tua dor,
choro, jamais houvesse,
transbordasse brilho de amor!!


Mas, sem varinha de condão,
não posso fazer magia,
faço preces a Deus
pra te devolver alegria...
Amor e romantismo,
sentimento e paixão,
não se cultiva, onde se quer?
...tem que nascer no coração!!

20 comentários:

Roselia Bezerra disse...

Bom dia, querida amiga Luísa!
Tão bonito!
Exprime tanta sensibilidade como a ler a dor do homem.
A dor é um sentimento atroz que derrete tanto o coracao que se dissolve em lágrimas.
Se pudesse também estancaria toda dor do coração das pessoa... é bem diferente da amargura!
A dor vem sem a pessoa merecer...
Já sinto a amargura como que o alimentar da dor... sem nada fazer para tentar sair dela de forma mais sadia, amiga.
A expressão dele foi lindamente postada por você, querida.
Mostrou ser uma poeta da empatia e compaixão. Que bonitos sentimentos tanto do homem como do seu que o interpretou!
Seja muito feliz e abençoada junto aos seus amados!
Bjm fraterno de paz e bem

Antonio Pereira Apon disse...

Inspirador poema, o amor que poetiza e encanta, como nessa sua participação.

Um abraço e uma boa semana. Brasil desperto e em paz.

FILOSOFANDO NA VIDA Profª Lourdes Duarte disse...

Querida Luísa! Você se inspirou lindamente! lagrimas de amor envolvido em desejos fortes, lindos e verdadeiro por quem ama. Linda a escolha e majestosa sua poesia.
Amiga, muito obrigada por participar mais uma vez e nos encantar. Seja sempre bem vinda! Espero que esteja bem recuperada. Lhe desejo muita luz e felicidade. Abraços

Genilda Maria da Silva disse...

Amiga querida! Você está cada vez mais inspirada e romântica! Que majestosa poesia! Amei e lhe dou os parabéns mais sinceros. Abraços, feliz início de semana.

Evanir disse...

Boa noite maninha..
ÈS a primeira pessoa que venho visitar .
Maninha a duras penas estou digitando espero de todo oração,
que possa entender o que esta se passando no momento.
Li feliz da vida seu poema a qui e no me u blog.
Maninha tens a alma perfumada somente o amor
habita no seu coração.
Uma semana abençoada.
Beijos..
Quando pude me quiser me liga
estarei sempre pensando em você.
Evanir..


.

Gracita disse...

Olá Luisa
O amor é sentimento tão genuíno e nobre que floresce nos corações sem o uso das varinhas de condão dos lindos contos de fadas. As lágrimas não podem ser de amor se foram derramadas extirpando-se uma dor. O poema é belíssimo, porém, triste
Beijos e uma semana perfumada

Toninho disse...

Olá Luisa!
Que linda inspiração no triste de um coração,
que exala pureza e belos desejos, mas que se preserva na verdade.
O amor tem que nascer no coração, isto é tudo Luisa.
Belo trabalho amiga.
Uma semana maravilhosa para você.
Meu abraço
Beijo de paz

Ana Freire disse...

Um poema lindíssimo, e muitíssimo bem construído!
Um amor não correspondido... do qual fica o respeito e a verdade!...
E o amor têm mesmo de nos nascer no coração, para ser autêntico e puro! Mais um desafio brilhantemente superado, que adorei apreciar!
Beijinhos! Desejando-lhe uma feliz e inspirada semana...
Ana

Evanir disse...

Bom Dia Maninha.
O carinho que nos uniu foi depois de caminharmos
bastante juntas em visitas no blog,
mas com o passar do tempo transformou nossa amizade ,
em almas gêmeas.
Minha querida.
Caminhar pelo universo dos blogs muitas vezes é colher
espinhos.
Mas és a mais bela rosa .
Nunca encontrei espinhos .
Só encontrei carinho paz e felicidade,
obrigada pelo seu carinho.
Sigo seus passos mas caminhando lento,
colhendo somente amor dos seus versos
delicados perfumados de amor.
Beijos.
Evanir.

AMALIA disse...

Sentimental y hermoso poema.

Un abrazo.

RUDYNALVA disse...

Luisa!
Eita que tanta lágrima sofrida em versos tão sutis e delicados.
Parabéns!
Maravilhosa semana!
“O meu objetivo é colocar no papel aquilo que vejo e aquilo que sinto da mais simples e melhor maneira.. “(Ernest Hemingway)
cheirinhos
Rudy
http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/2018/05/divulgacao-cultural-67-37-edicao-do.html

Larissa Santos disse...

Bom dia. O seu Poetizando ficou o máximo. Adorei. Parabéns:))


Hoje:- Olho o horizonte...Silêncio absoluto.

Bjos
Votos de um óptimo Feriado de Quinta-Feira

Jaime Portela disse...

Bela participação.
O poema é magnífico, parabéns.
Bom fim de semana, amiga Luísa.
Beijo.

FILOSOFANDO NA VIDA Profª Lourdes Duarte disse...

Bom dia!
Hoje é dia de regar a amizade!
Porque todo o dia é dia de regar tudo que nos faz bem.
Oportunidade de regar os bons pensamentos, regar a
esperança, os sonhos, a alma, a vida, o amor...
Hoje é dia de deixar aqui mais um convite do poetizando e encantado, por isso estou aqui para dizer-lhe que sua participação é importantíssima! Amanhã postarei com todo carinho, se Deus assim o permitir.
A vida começa todos os dias...façamos dessa jornada a melhor possível!
Abraços com carinho da amiga Lourdes Duarte



Minha amiga querida, espero que estejas bem.

Zilani Célia disse...

OI LUISA!
O CORAÇÃO ESTÁ SEMPRE NO COMANDO.
MUITO LINDO TEU POEMA.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Portugalredecouvertes disse...

Amor e romantismo,
sentimento e paixão,
não se cultiva, onde se quer?
...tem que nascer no coração!!

gostei muito deste final Luisa, da importância dos sentimentos bons que surgem do coração :)
não há como não gostar !
beijinho
bom fim de semana
Angela

Diná Fernandes O.Souza disse...

Bom dia Luisa, Linda e sentida poesia, esbanjou inspiração e talento amiga. Bela participação!

Feliz findi!

Bjss!

CÉU disse...

olá, querida Luisinha!

De facto, não podemos dizer que amamos alguém sem amar e se o fizermos, enganamos duas pessoas, nós e o outro.

O poema está mto bem feito e bem estruturado, de modo popular, com rima no sítio certo, enfim, a Luisinha tem mesmo queda pra isto, pra este tipo de versos.

Gostei da referência à varinha de condão. Olhe, que na vida real daria mto jeito.

Qto às minhas mãos, estão mais ou menos na mesma e só em meados de julho farei uma ressonância magnética (RM) para ver como elas estão por fora e por dentro. Depois, o cirurgião, pronunciar-se-á.

Beijinhos e um bom fim de semana. caramba, nunca mais vem o verão!

vanessa oliveira disse...

Boa noite!
Amo poesia , já sigo o blog da Profª Lourdes Duarte e o da biblioteca da escola em que estudo. Sou a Vanessa que escreve algumas poesias e já participei do Poetizando, muito feliz com os comentários que recebi . Obrigada! e vim conhecer e apreciar os participantes desta BC que encanta!
Seguindo o seu que amei, não sou blogueira, sou um estudante que ama poesia! Parabéns pela linda participação! Bjuss

Stheffane Cabral disse...

Sou aluna que sigo os blogs da prof Lourdes e o da biblioteca, já participei com meus rabiscos e hoje navegando vim apreciar sua participação e seguir seu lindo blog. Parabéns pela bela participação que me encantou. beijinhos