07 julho 2018

43ª EDIÇÃO DO POETIZANDO E ENCANTANDO

Imagem escolhida para a  temática
Peguei no meu violão
À sombra do meu chaparro
Sentada com o meu violão
murmurando assim baixinho
vou criar uma canção!

O meu violão desafina
cada vez que lhe ponho a mão
de olhos fitos nas cordas
fiz pra ti esta esta canção...

...Oh, meu amor, meu amado!
Tua guitarra vem tocar
junto com a partitura
as cordas vem afinar?...

Vem cantar comigo agora
os dois juntinho  treinar
o violão e a guitarra
também vão acompanhar!

Sei que não sou fadista
mas gosto de fado cantar
quando chega a desgarrada
meu frenesim vem inspirar!

As quadras bem ritmadas
a viola fazem vibrar
o clarinete soa
 o acordião vem tocar...

Com casa animada e alegre
amigos a partilhar
assim são nossos momentos
de lazer e bem-estar!!

01 julho 2018

42ª EDIÇÃO DO POETIZANDO E ENCANTANDO


Paixão Eterna

Maria da Fé tristonha
extremamente amargurada,
desde o dia em que o mar 
o seu marujo roubara,
por quem era apaixonada...

Maria da Fé era jovem
sonhava e acreditava,
que seu bem-amado viria
em noite de lua-cheia
como ela pressentia...

Maria da Fé solitária,
de alma fria e gelada,
 com angústia e dor sonhara
que o seu amor viria
quando a noite clareasse
por momentos encantar...

Loucuras de amor agitar
seus lábios carnudos beijar
suas saudades matar
para sempre a ver sonhar!

Maria da fé e da esperança
sem perder a confiança,
entre rosas e suspiros
com a mesma paixão sentida.

Por cada noite, e cada dia
que o seu marujo  beijava
a sua face encarnada
 pelo quanto ela sentia
ser amor e ser amada...

Mil fantasias sonhara
vivia pro seu namorado,
aquela jovem formosa
elegante encantadora...

De pouca sorte em amores
mergulhada assim em  lágrimas
junto do mar salgado
entre aromas e flores
Vive assim prós seus amados...

23 junho 2018

41ª EDIÇÃO DO POETIZANDO E ENCANTANDO

                     Imagem para a temática

Sonhos de Magia
Aquela melodia suave
que alcançava corações,
eram momentos românticos
tão belos quanto cânticos,
que ao longe se ouviam
em seu semblante progrediam.
com imponência  e magia...

A jovem encantadora
vulnerável, mas sorridente,
gravou aquela mágica
que acolheu num de repente...
Era o príncipe que a enfeitiçara
no centro do seu labirinto,
tomara agora outro partido
do qual não fazia sentido,
enrabichara-se por outra moça
e quisera ser seu marido!!

A princesa desconcertada,
sentou-se, enfureceu-se
impetuosa e incrédula
aquele amor desmembrou...
Seria porém ridícula,
questionára-se pausadamente,
que aquele amor que sonhara
não era seu, verdadeiramente!...
Insectos e excertos, 
Fustigavam seu semblante, 
de tristeza melancólica
como se algo desmoronasse
séria e implacávelmente...

Ah, não vou ceder!
...Murmurava a jovem princesa,
não vou de amores morrer
nem meus encantos perder...
O que for meu, assim será,
de hora a hora virá
amor correspondido,
nunca ele acabará!!

19 junho 2018

40ª EDIÇÃO DO POETIZANDO E ENCANTANDO



                        Imagem para a temática


Que Ternura Meu Anjinho
És o canto do passarinho
és o doce aroma da flor
és perfume da rosa ao sol-por...
São nuvens do céu em Agosto
é o beijar do teu rosto
o inspirar da madrugada
é delicadeza do teu corpo...

É um silêncio constante
é um aroma no ar
que inala em ti ao passar
fica gravado na mente
em tua alma atuar...
É tempo é brisa é mar
é a aura que se esvai,
é o tempo que não volta
é a saudade que fica
parece tudo acabar...

Se eu fosse um anjo rico
te faria acreditar
que a felicidade vem
quando o dia clarear...
Que dias angustiantes
são eternos para amar,
parecem fortalecer
elos inebriantes
de fontes de amor refrescar!!

08 junho 2018

39ª EDIÇÃO DO POETIZANDO E ENCANTANDO


Gotinhas de Amor
Gotas de amor, como esquecer!
É orvalho puro prá adormecer
é  seiva da manhã, que faz reviver,
É aroma das flores
é o verde campestre, ao amanhecer...
É lua-cheia ofertada em mim,
são lembranças eternas
que vibram enfim,
é água pura, é amor sem fim
é algo majestoso, que desabrochou
foi o doce mel, que nos cativou...
é o azul dos céus a olhar o infinito
é um lindo sonho, é um romance bonito!

Vem meu amor!... Meu galanteador!...
 Dizer-me de novo,
...Que sou tua princesa...
Dar-te-ei meu beijinho, abraço e carinho
com delicadeza...
Vai de mansinho, água buscar
àquela fonte que me faz vibrar!...
Vai ao jardim, flores apanhar
Diz-me que são de lilás,
De aroma  fugaz,  que havia no jardim,
que todas apanhaste, a pensar em mim...
Vem meu amado!!
Jamais te demores, como no passado,
É hora certa, de ficar a sós,
olhar o céu, contar as estrelas...

Observar as cadentes, as mais brilhantes,
as mais recentes,
as que se escondem a sussurrar
tal como nós dois, namorar ao luar,
Com doces beijinhos a saltitar!
Gritar aos céus , há amor no ar,
revelar aos Anjos, tantos anos depois
existe "Amor," em nós dois...
...Nada foi em vão, nem por imposição,
Vieram os filhos sem obrigação
são lindos, são belos!
De engrandecer o nosso olhar,
São encantos divinos, que Deus veio abençoar!




02 junho 2018

38ª EDIÇÃO DO POETIZANDO E ENCANTANDO





Da Janela do Meu Quarto
Observando o desamor:
...Porque Vieste?...
Depois de lindo, e belo dia
sentada no banco do jardim,
quando teus lábios beijava
fantasias imagináveis,
todas elas perpassavam
do melhor que havia em mim!
Filmes, noites de amor,
eram magia, sem cessar,
naquela tarde de emoção
de alegria e paixão
um tanto acanhada,
mergulhada em inocência
que por instantes vislumbrava...

Tudo era novo, enfim,
de um momento para o outro
quase sem dar por mim
acabava de assinar, 
o ditoso manuscrito
confirmando aqule sim!...
Um tanto atrapalhada,
em direção à estação
onde o comboio passava,
carregando apenas compras
meu enxoval acrescentava...
Mas eis... que vem um turbilhão!
Aquela jovem mocinha
o primeiro que enfrentava,
pensou logo em desistir
do compromisso que assinara...

O vulcão enfurecia-se
no meio da agitação!!
Sem saber o que fazer, 
a linha férrea atravessava
com vontade de sumir
no primeiro trem que passava!...
Entretanto porém,
cabeça quente, esfriava
entre suspiros e ais,
o amor era mais forte
a tempestade abrandava...
Imóvel, serena, impávida,
em silêncio profundo
toda a nuvem se esvairava,
pela força do amor
o pobre coração acalmava...

26 maio 2018

37ª EDIÇÃO DO POETIZANDO E ENCANTANDO



Lágrimas de Amor
Que aroma especial,
encontras assim em mim?
Não sou jardim nem flor
nem perfume de jasmim!..
Queria ser, anjo apenas,
poder ir mais além,
limpar as tuas lágrimas
dizer que te amo porém!

Se o fizesse, mentiria,
te daria falsas esperanças,
porque amor não haveria
antes, lágrimas em abundância!..
Quem dera remédio tivesse
que sarasse a tua dor,
choro, jamais houvesse,
transbordasse brilho de amor!!


Mas, sem varinha de condão,
não posso fazer magia,
faço preces a Deus
pra te devolver alegria...
Amor e romantismo,
sentimento e paixão,
não se cultiva, onde se quer?
...tem que nascer no coração!!