01 agosto 2016

Resnacer












Que lindo seria
um renascer outra vez
Pegar na minha sacola
Ir para a escolinha outra vez!!
Fazer amizades de infância
Aqueles joguinhos jogar
Sem maldades nem tristezas
Ver o mundo a começar…
Ter uma inocência pura
Duma criança a crescer
Num mundo imaginário
Sensato sem malvadez!!
Onde não faltasse o pão
O amor a Deus abundasse
Onde houvesse educação
E a indiferença não contasse…
Dele só resta a saudade
Guardo-o no coração
São relíquias divinas
Retalhos e reflexos
São memórias constantes
De carinhos e afetos…


3 comentários:

Gracita disse...

Bom dia Luísa
Que espetáculo de poema minha amiga
Que bom se pudéssemos renascer mas como não é possível vamos viver das memórias doces que guardamos da infância
Um lindo dia para você querida
Beijos

Mariangela do lago vieira disse...

Oi Luísa!
Vim conhecer a tua página e agradecer por me seguir.
Lindo poema!
As memórias boas da infância jamais devemos esquecer.
Como não podemos recomeçar, vamos levando o que de bom aprendemos.
Não estou conseguindo de seguir, mas vou tentando!
Beijos,
Mariangela

Evanir disse...

Luisa..
Hoje venho agradecer e retribuir sua carinhosa visita,
espero de coração , que tudo esteja bem contigo.
Sei a grandeza do seu trabalho que Deus
te de saúde sempre para continuar levando amor
esperança e fé para aqueles que sofrem.
Deixo um carinho abraço.
Bjs..Evanir.